Ministração de Peniel para Encontro com Deus.

Antes de começar a ministração colocar a musica: Minha Bênção

A HISTÓRIA DE JACÓ

Deus tirou Abraão do meio de sua parentela, se revelou a ele e fez uma aliança. Jacó era neto de Abraão e herdeiro da promessa que Deus fez a seu avô. Por causa de sua vida de desobediência, trapaças e enganos, Deus precisou tratar com ele para que os Seus projetos, através da aliança com Abraão, se realizasse. Um dia, ao retornar para sua terra, Jacó teve uma forte experiência com Deus e sua vida foi transformada.

O filho de Abraão, Isaque, casou-se com Rebeca. Rebeca era estéril e por causa das orações de seu esposo Isaque, ela engravidou. Desde o ventre de Rebeca, Deus deu uma palavra que ali haviam dois bebês e que o mais novo seria cabeça sobre o mais velho. O parto de Rebeca foi muito difícil, contudo o segundo bebê estava agarrado ao calcanhar do primeiro. Ao nascerem, o primeiro recebeu o nome de Esaú e o segundo de Jacó.

Gn 25:22-23     “Os filhos lutavam no ventre dela; então disse: Se é assim, por que vivo eu? E consultou ao Senhor. Respondeu-lhe o Senhor: Duas naçõeshá no teu ventre, dois povos, nascidos de ti, se dividirão: um povo será mais forte que o outro, e o mais velho servirá ao mais moço.”

Vs 25-26     “ Saiu o primeiro, ruivo, todo revestido de pêlo; por isso lhe chamaram Esaú. Depois nasceu o irmão; segurava com a mão o calcanhar de Esaú; por isso lhe chamaram Jacó…”

Para o povo judeu, os nomes de pessoas e lugares tem um significado muito importante.

ESAÚ: Por ser peludo e ruivo também era chamado de Edom que significa vermelho; o qual descendem os Edomitas.

JACÓ: “Agarrador de calcanhar,” trapaceiro, enganador, suplantador.

Os meninos cresceram e Isaque amava  Esaú e Rebeca amava Jacó. Jacó cresceu sob a influência deste nome, e em todas as circunstâncias de sua vida agiu com engano e trapaças.

Vs 27-34  Esaú troca seu direito de primogenitura por um prato de lentilhas.

PRIMOGENITURA: Herança do primogênito o primeiro filho homem.

Consistia em:

Liderança na família;

Porção dupla da herança material (bens) e espiritual;

Neste caso, o direito à benção do concerto de Deus com Abraão.

O fato de Esaú vender seu direito, revela quão pouco valor ele atribuía às bençãos de Deus e às promessas do concerto.

Gn 27: 1-42   Jacó, com ajuda de sua mãe enganou seu pai Isaque e recebeu a benção da primogenitura.

Ao enganar seu pai Isaque, teve de ir embora de casa, indo morar em terras distantes, com seu tio Labão, e nunca mais viu seus pais com vida.

Gn 27: 43-46  Rebecca mandou Jacó ir embora para não ser morto por Esaú e inventou outra mentira para Isaque.

Gn 28: 1-5  Isaque enviou Jacó para a casa de Labão.

Vs  10-22   Jacó teve um sonho onde o Senhor confirmou a aliança que fez com Abraão e acrescentou a promessa de Sua presença onde quer que Jacó fosse.

Gn 29:30  Jacó encontrou sua prima Raquel e passa a trabalhar para o seu pai. Ao conviver com seu sogro Labão, colheu os frutos dos seus pecados de enganos e trapaças.

Depois de muito tempo sendo enganado pelo seu sogro Labão, e sofrendo as conseqüências dos seus próprios pecados, resolveu voltar para sua terra; porém, temia encontrar seu irmão Esaú.

Gn 31: 1-55   Jacó fugiu com suas esposas, filhos e bens.

Gn 32: 1-23   Jacó, temendo seu irmão, enviou mensageiros à frente, levando presentes a Esaú.

Quando chegou a um lugar chamado Vale do Jaboque, à noite teve uma experiência marcante em sua vida.

JABOQUE: Pequeno rio que deságua no Jordão.

Significa  “Lutar”

Vs 24-31     Jacó, porém, ficou só; e lutou com ele um homem, até que a alva subiu.
E vendo este que não prevalecia contra ele, tocou a juntura de sua coxa, e se deslocou a juntura da coxa de Jacó, lutando com ele.
E disse: Deixa-me ir, porque já a alva subiu. Porém ele disse: Não te deixarei ir, se não me abençoares.
E disse-lhe: Qual é o teu nome? E ele disse: Jacó.
Então disse: Não te chamarás mais Jacó, mas Israel; pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens, e prevaleceste.
E Jacó lhe perguntou, e disse: Dá-me, peço-te, a saber o teu nome. E disse: Por que perguntas pelo meu nome? E abençoou-o ali.
E chamou Jacó o nome daquele lugar Peniel, porque dizia: Tenho visto a Deus face a face, e a minha alma foi salva.
E saiu-lhe o sol, quando passou a Peniel; e manquejava da sua coxa.

O Senhor lhe apareceu em forma de homem, e quando Jacó esteve frente a frente; face a face com o Senhor, não resistiu e foi tocado pelo Espírito Santo  que o convenceu de todos os seus pecados. Jacó  arrependeu-se profundamente, e a partir dali seu caráter foi transformado. Jacó agarrou o anjo e não o deixou sair antes que este o purificasse, transformasse.

Ele “Lutou lutar aqui significa agarrar-se com Deus, não largar mais e  não deixou o Senhor sair antes que ele fosse purificado, santificado, abençoado, transformado por Deus.

O Senhor troca o nome de Jacó e o chama de Israel.

ISRAEL: Aquele que luta ou persiste com Deus em poderosa oração e súplica fervorosa.

Neste episódio surge o nome Israel, de onde provém a nação de Israel.

A partir daí, o projeto de Deus de abençoar todas as famílias da terra, através de sua aliança com Abraão teve prosseguimento, e nós também somos alcançados.

Por isso, Jacó colocou o nome naquele lugar de Peniel.

PENIEL: “Na face de Deus”

A partir daí, o projeto de Deus de abençoar todas as famílias da terra, através de sua aliança com Abraão teve prosseguimento, e nós também somos alcançados.

E Deus é denominado como o Deus de Abraão, Isaque e Jacó. Isto é o que acontece quando temos um encontro com o Senhor. Quando ficamos face a face com Ele não podemos resistir. Ao olhamos para Ele, reconhecemos quão pecadores nós somos e quão necessitados do Seu perdão.

Esta história é um testemunho bíblico de que quando um homem pecador se encontra com Deus, se arrepende de seus pecados e se agarra com Ele, sua vida é transformada.

TESTEMUNHO PESSOAL

A ministrador deve contar seu testemunho dentro deste mesmo foco, engrandecendo a Deus pela transformação em sua vida. Um dia, eu também estive face a face com o Senhor, e minha vida foi transformada…

IDENTIFICAÇÃO DOS TESTEMUNHOS

Aqui é Peniel, o Senhor está neste lugar!

Ele marcou este encontro com você.

Este é o seu Peniel, o seu lugar de encontro com Deus.

Abra o seu coração diante de Deus e reconheça que você precisa desesperadamente do Seu perdão.

Sugestão

·       Pedir que abaixem as cabeças;

·       O ministrador vai citando alguns pecados para que haja identificação de

pecado;

·       Ao identificar, anotar no caderno.

 

CONCLUSÃO

O Senhor está aqui e te pergunta:

Quem é você? Qual é o seu nome?

No mundo espiritual somos conhecidos pelo que fazemos, e também pelos pecados que cometemos.

O Senhor quer mudar o seu nome, o seu caráter.

Fale seu nome para Ele.

Fale: Senhor eu tenho sido mentiroso, adúltero…

Vá se arrependendo de cada pecado que Deus lhe falou.

Confesse cada um deles para o Senhor.

Abra a sua boca e confesse tudo ao Senhor.

Este é o seu encontro com Deus.

Não podemos esconder nada quando estamos diante dEle. O Espírito do Senhor, que nos convence de todo pecado, da justiça e do juízo está neste lugar.

Abra seu coração diante de Jesus, peça a Ele que traga quebrantamento, arrependimento em seu coração.

Jesus te toma pela mão e te chama de meu filho, amado do Pai, principe do Senhor…

E te diz: Dos teus pecados já não me lembro mais.

Terminar a ministração chamando as pessoas para aceitar Jesus como seu Senhor e Salvador.

Amém.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima